29 outubro 2012

4

29 de Outubro - Dia Mundial de Conscientização sobre a Psoríase

Salve, gente amiga!

Sempre que tomo conhecimento de campanhas voltadas para a saúde/qualidade de vida gosto muito de compartilhar com vocês. O 29 de Outubro é marcado como o Dia Mundial de Conscientização sobre a Psoríase. De acordo com o Portal Dermatologia.net, a psoríase é uma doença imuneinflamatória crônica da pele que afeta aproximadamente 3% da população mundial. Ela é bastante frequente entre homens e mulheres, principalmente na faixa etária entre 20 e 40 anos, podendo também ser diagnosticada em outras fases da vida. Até hoje não se sabem os motivos causadores da doença, mas pesquisas científicas demonstram que, em 30% dos casos, o fator genético está envolvido. No entanto, estresse emocional, traumas ou irritações na pele, infecções na garganta, baixa umidade do ar ou alguns medicamentos podem aumentar ou iniciar a doença.  Embora não tenha cura, ela tem tratamento e não é contagiosa!
 

A SBD - Sociedade Brasileira de Dermatologia promove a Campanha de Nacional de Conscientização da Psoríase para orientar as pessoas de todo o país, explicando os motivos causadores, conscientizando quanto ao não-contágio e mostrando que a melhor atitude é sempre procurar o dermatologista.

Além das manifestações cutâneas, os portadores da Psoríase são vítimas de preconceito. Muitas vezes a discriminação pode afetar ainda mais a auto estima e agravar o quadro da doença.  Por isso, mais que solidariedade, é preciso respeito e esclarecimento para toda a população


Como detectar? - O dermatologista está apto a diagnosticar a doença quando está na pele, através de exame clínico que poderá eventualmente ser complementado por uma biópsia, quando um fragmento da pele é retirado para análise em microscópio. Vale a pensa ressaltar que muitas doenças se assemelham a psoríase, por isso, em caso de qualquer dúvida, procure um dermatologista. Um diagnóstico incorreto pode gerar confusão com outras doenças de pele e um tratamento inadequado pode piorar as lesões.

Tratamento - Após o diagnóstico feito pelo dermatologista, o mesmo irá indicar o melhor tratamento. Normalmente, nos casos mais leves, são prescritos medicamentos como pomadas, loções, xampus ou géis. Em casos mais avançados, são indicados sessões de fototerapia (ultravioleta com ou sem remédio), medicamentos de uso oral ou injetável. A psoríase não tem a cura completa, mas com o tratamento adequado, pode ser reduzida. Siga as orientações do seu dermatologista e viva a vida sem medo.



No ano de 2011 a SDB montou um vídeo com a participação do ator Marcos Oliveira, conhecido como o Beiçola da Série de TV "A Grande Família", e o radialista Roberto Canázio. Ambos são portadores da Psoríse e o material esclarece e tira muitas dúvidas. Vale a pena conferir.


Video da Campanha de Conscientização 2012:


É isso! Vamos fazer do ia 29 de outubro uma data para ser repensada todos os dias. Compartilhem esse post, converse com seus amigos. 
 
Beijocas mil!


 

4 comentários:

  1. Parabéns pelo post Nessa, realmente é de grande ajuda, meu marido tem psoriase é realmente é necessário apoiar a pessoa muito para ela não se abater e mostrar que com os passar dos dias está tendo melhora, o que ajuda muito é tornar as coisas mais simples, nada de dificultar nada, pois é uma doença emocional e piora com o stress, então se pudermos dar amor e apoio tudo fica mais fácil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha,

      Que depoimento bacana esse seu! É isso mesmo. Temos que apoiar e dar carinho. Preconceito com doenças autoimunes que não transmitem contágio é a pior coisa que pode existir.
      Parabenizo a SBD pela campanha nacional de conscientização.
      Aqui no belinha temos espaço para essas ações. Sempre divulgo.
      e quem precisar de apoio, ajuda, desabafar... pode vir aqui para o blog.
      Sabemos quanto o stress/fatores emocionais prejudicam o quadro clinico. Por isso...vamos esclarecer e acabar de vez com o preconceito!

      Xero minha diva!

      Excluir
    2. xerooooooooooooooooooooooo

      carla maria

      Excluir
  2. E buscar novas opções de tratamentos... shampoo, cremes, novas alternativas

    ResponderExcluir