14 maio 2015

29

Novo Clareador Facial D-Pigment Légère Avene Eau Thermale 30ml

Olá, Belinhas!

Verdade seja dita: Tratamento facial requer muita disciplina e paciência! E quando o problema é clareamento, mais ainda. Seja por causas hormonais, danos causados pela radiação solar  ou mesmo pelo próprio envelhecimento da pele, com o passar do tempo é comum as mulheres notarem que o tom da pele não está uniforme. As regiões mais críticas são a chamada Zona T e maçãs do rosto.
Os recursos de tratamento, controle e prevenção variam conforme o tipo de mancha e tipo de pele. Fazer uso de produto antioxidantes, usar diariamente protetor solar com FPS com amplo espectro UVA/AVB, controle hormonal e uso de fórmulas especiais são as estratégias mais preconizadas pelos dermatologistas.

Gosto de combinar no meu tratamento ciclos específicos para Primavera/Verão e Outono/Inverno. Pude comprovar pela prática que escolher de forma acertada os ativos e as épocas do ano (com maior e menor incidência de radiação/exposição UV faz toda a diferença. Desde modo, é possível fazer administração de ativos mais potentes nas épocas mais amenas do ano e manter o que foi conquistado com produtos mais toleráveis para os meses mais quentes.

Recentemente a marca Avène Eau Thermale lançou no mercado dermocosmético brasileiro o  Clareador Facial D-Pigment Légère Avene Eau Thermale 30ml. Logo que fiquei sabendo dessa novidade, em consulta com meu dermatologista no final da temporada do Verão 2015, perguntei sobre o produto. Ele prescreveu para usar, pois já estou em tratamento de manutenção com os produtos da marca francesa desde a época em que fiz uso de retinóide oral (Isotretrinoína/Roacutan) para tratar meu problema de acne nódulo cística (acne causa por desequilíbrio hormonal).
Os produtos da Avène são um verdadeiro carinho para minha pele, pois ela é muito sensível. Fora isso, com o passar dos anos, a pele vai mesmo ficando mais fina e reativa. Nessa resenha conto os detalhes sobre o  Clareador Facial D-Pigment Légère Avene Eau Thermale e já o considero um produto super versátil, principalmente para intercalar com ativos mais específicos para tratamento de clareamento facial.


Descrição: Clareador Facial Avène D-Pigment Légère reduz o excesso de melanina e promove o clareamento progressivo. Uniformiza a tonalidade e devolve a luminosidade da pele. Complementar a procedimentos dermatológicos. Uma fórmula inovadora que combina um trio de ativos sinergéticos e complementares: Melanyde, Retinaldeído e Pré-Tocoferil.
  • Excesso de melanina reduzido
  • Clareamento visível e progressivo
  • Tom da pele uniformizado
  • Luminosidade restaurada

Benefícios: O D-Pigment possui um trio de ativos reconhecidos pelos dermatologistas, que combina o Melanyde®, o Retinaldeído e o Pré-Tocoferil®. Eles agem em sinergia para o clareamento progressivo da pele.
O D-Pigment possui ação clareadora que reduz a síntese da melanina enquanto preserva o metabolismo celular graças à presença do Melanyde®. Já o Retinaldeído estimula a renovação celular e ajuda a eliminar a melanina da superfície da pele. O Pré-Tocoferil®, precursor da vitamina E, contribui para a ação despigmentante por diminuir a produção da melanina graças à sua potente ação antioxidante.

É indicado para mim? Uma textura com um elevado poder de penetração para responder às necessidades das peles normais a mistas.

Modo de usar (O gesto correto):   Aplicar, à noite, nas zonas afetada. A utilização regular e prolongada associada à proteção solar diária é a garantia de uma eficácia maximizada.



Precauções:
  • Não aplicar sobre a pele irritada ou lesada.
  • Para uso durante a gravidez, consulte um médico.

Apresentação: tubo 30ml. Registro MS: 25351.152502/2013-34


Minha avaliação: O Clareador Facial D-Pigment Légère Avene Eau Thermale vem numa caixinha de papel cartonado e o produto é embalado em bisnaga flexível com bico concentrador e tampa rosqueável contendo 30 ml. Essa quantidade tem sido a mais usada pela indústria cosmética e dermocosmética em produtos de uso facial. 
O Clareador Facial D-Pigment Légère Avene Eau Thermale é isenta de parabenos, fragrância e tem formulação classificada como hipoalergênica.
Mesmo sem ter fragrância, o creme cuja coloração é amarelada (muito similar ao TriAcneal Avènte Eau Thermale), possui odor bem levemente cítrico.

Sobre os principais componentes responsáveis pela redução da síntese da melanina há os dois ativos patenteados chamados de Melanyde® e o Pré-Tocoferil®. Já a ação de renovação celular fica por conta do Retinolaldeído (variante mais estável e menos reativa de retinóides).
Por conter Água Termal e por ser uma característica dos dermocosméticos Avène serem indicados para peles mais sensíveis e reativas, a gama de produtos da marca deu muito certo com meu tipo de pele. Faço uso de vários produto há cerca de 3 anos e fui com o passar do tempo incoporando-os em minha rotina de tratamentos.

O primeiro quesito que destaco é a facilidade de aplicação. A textura do Clareador Facial D-Pigment Légère Avene Eau Thermale é leve e depois de aplicar uma fina camada, sinto que o creme é rapidamente absorvido. Costumo fazer a aplicação de maneira uniforme, exceto na região dos olhos e muito próxima do nariz e lábios. Esse cuidado evita surgimento de eventuais fissuras e irritações.
Quem já usou qualquer cosmético ou dermocosmético com ação clareadora sabe que o efeito não é mágica de botar numa noite e no dia seguinte está sem manchas. Não é assim que as coisas funcionam! Todo tratamento é progressivo e depende da resposta das células aos ativos. 
Comecei a usar o Clareador Facial D-Pigment Légère Avene Eau Thermale final do mês de janeiro de 2015. Nessa época, mesmo mantendo todos os cuidados com proteção solar, em virtude das minhas aulas de hidroginástica em piscina aberta, sempre minha pele fica mais bronzeada e com isso, logo percebo formação de manchas nas áreas mais críticas como nas maças do rosto, Zona T e têmpora.

As aplicações são em média de 3 a 4 vezes por semana durante a noite. Não aplico todas as noites porque faço tratamentos com outros produtos e preferido o sistema de rodízio. Sou paciente e sei que mesmo sem aplicar os 7 da semana, terei os resultados.

O que pude notar no prazo médio de 3 meses é que a pele respondeu bem aos ativos e notei uniformização do tom da pele. Além disso, por causa do retinolaldeído, a pele faz um pelling muito sutil (não chega a descamar de forma visível), mas é suficiente para que se note a pele renovada e mais clara. Eu ainda apresento pontos mais castanhos na teste, nariz e maçãs. Senti melhora para pouco tempo de aplicações.




Darei continuidade ao tratamento no inverno com fórmula manipulada e ficarei fazendo aplicações com o D-Pigment. Fiquei muitíssimo satisfeita com o dermocosmético porque no meu caso, a maior vantagem é conforto cutâneo. Não sinto rubor ou ardência. O Clareador Facial D-Pigment Légère Avene Eau Thermale pode ser usado com regularidade e já faz parte da minha rotina de cuidados.
O preço do produto não é baratinho! Assim como os demais dermocosméticos de qualidade, seu preço médio está em torno de R$ 110,00. Consegui comprá-lo com desconto na loja virtual  Panvel e paguei em torno de R$ 85,00.Aprovadíssimo com distinção e louvor!



Onde comprar: farmácias e lojas especializadas em dermocosméticos
SAC:  0800 702 1037




29 comentários:

  1. Denise Barros14 maio, 2015 17:02

    Olá Nessa,
    Adorei conhecer mais este produto Avene. Tenho várias coisas da marca e gosto bastante.
    Com certeza esse é mais um bom produto.
    Só de não deixar a pele queimando e com grande descamação é uma ótima opção.
    Com certeza o clareamento é a longo prazo e além do mais tem que ter muita disciplina para usar os produtos!
    Sua pele está linda!
    Já quero experimentar!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deni,

      Eu tb uso muitos produtos da Avene e para quem tem pele sensível, é um verdadeiro tesouro.
      Achei ótimo o resultado do produto, sobretudo se pensarmos nele como estratégia de manutenção. Agora que esfriou vou fazer tratamento com os manipulados e nos dias que a pele está mais irritada, é ótimo usar os dermocosméticos porque proporcionam muito conforto cutâneo. Já estou no terceiro ano que tenho esses produtos na minha rotina e posso atestar que o investimento fez toda a diferença.
      Não deixo de usar os produtos para acne da marca e os produtos calmantes. Amo!
      Pelas fotos é possível sim observar as manchas, mas também é visivel que a pele não está uma pimenta.
      Sabado já vou aplicar o pelling e vai ficar ruim por um período, mas essas manchas tendem a clarear.

      bjsss

      Excluir
  2. Muito booom o seu post! Bem completo!!
    E tua pele uau! Não só praticamente uniforme como lisa e luminosa!

    Não sofro (ainda) com manchas, já com espinhas, craaavos, algumas rugas e textura irregular afff
    Sou doida por um tratamento facial que me deixe com a pele de pêssego feito a sua!
    Mas por enquanto meu foco é conseguir engravidar, depois amamentar.... então, vai demorar :-S Mas vale a pena esperar né?! :7

    Bjos,
    Kaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kaa,

      Sofri muito com tratamento de pele. Moro em consultórios desde a adolescencia.
      Só melhorei depois que fiz tratamento com retinóides orais. Faz três anos que venho mantendo os resultados.
      Na gravidez minha pele ficou uma seda. O principal cuidado foi na proteção solar, pois os hormonios tendem a formar melasmas.
      Depois que vc passa pelo periodo de amamentação, pode pensar em fazer tratamentos tópicos para melhorar a textura, tonalidade, sinais de envelhecimento.
      O segredo é disciplina e paciência. Tratamento de pele, especialmente clareamento demora para ver a diferença.

      bjssss

      Excluir
  3. Que pele linda!

    Olha Vanessa eu comprei aquele clareador da la roche e me dei mal porque ele me causa espinhas, o medico me receitou o Kiaritá mais ainda não comprei, da Avene eu comprei aquele calmante e super funcionou na minha rosácea.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Silvia! Falar de Avene é falar de você. Foi graças a suas dicas preciosas que conheci a marca. Curioso foi que não foi apenas eu de paciente que tive reação de irritação e alergica com os da la roche.
      O Antirougert é divino. To usando incluseve a loção de limpeza! Tb estou usando o Cicalfate e o novo hidratante que é para pele sensibilizada por acidos. Mega aprovados. bjssss saudade de tu!

      Excluir
  4. Vanessa, muito bom para evitar manchas é usar protetor com cor de base, todas as dermatos que eu fui me falam isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certeza, Silvia! Vivemos no reboco cor de base para fazer barreira física! haahah

      Excluir
  5. Oi
    Esse produto deixa a pele muito vermelha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rogerio!

      Não notei pele vermelha. Eu uso os dermocosmeticos da marca há 3 anos e foram os que me dei melhor com o problema da sensibilidade.
      Achei a formula muito suave (por isso a uniformização de tom não é rapida), mas vale a pena pelo conforto cutâneo.

      No momento estou em tratamento de inverno e por isso, uso bastante os produtos com a água termal/ ação calmante para aliviar a irritação.

      Da lAvene, gosto do Antirougerts que é específico para rubor/rosacea. Tem agora uma nova versão pós pelling. ainda não comprei, mas tenho certeza de que vou gostar.

      Outra dica importante é a pomada Cicalfate (tb da Avene). Ajuda demais na regeneração qdo a pele está descamando. Uso todos por indicação médica.

      Tem um detalhe tb (pude comprovar). Tem pacientes que responde melhor ao dermocosmeticos da La Roche, outros da Avene. Eu fui do segundo. Tive alergia a alguns produtos durante o uso dos acidos e retinoides orais. Sendo assim, é sempre avaliar o grau de tolerância cutânea.

      bjssss

      Excluir
  6. ola queria saber se e para usar no rosto todo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu uso no rosto todo, exceto área dos olhos.

      Excluir
  7. Oi, Vanessa!
    Procurei uma resenha do D-pigment e me deparei de cara com a sua. Minha dermatologista me indicou ele ou o pigmentclar da La Roche agora no verão. No inverno estava usando um manipulado mais forte e senti uma melhora. Acabei optando pelo D-pigment. E não sei se é cisma minha, mas desde que comecei a usar a primeira vez, senti q as manchas na maçã do rosto escureceram. Eu continuei usando ele, já que sei que paciência é palavra-chave para quem sofre de melasma, mas tem dias que acordo com a sensação de as manchas terem escurecido. Será que é possível isso?rs Só ouço as pessoas falando bem dele.
    Já usei o kiaritá também e achei maravilhoso. Não clareia rápido, nem faz milagres, mas gradativamente você nota diferença e a textura da pele fica muito boa.
    Beijos,
    Gisele

    ResponderExcluir
  8. Gisele,

    É possível sim. Isso pode acontecer se a pele não reage bem, enfra em processo inflamatório e as células se defendem produzindo melanina. A dica é observar vermelhidão e qualquer sinal de irritação na pele. Não tive problema com o D-Pigment. Mas tenho tonado que minha pele está mais sensível a ácido glicólico. Dai parei de usar sabonete de limpeza com glicólico para acalmar a pele. A torça foi pelo ácido mandelico. Ambos uso com 5%.
    O Karina tem ácido kojico e arbutim. Gosto muito desses ativos. Bjsss

    ResponderExcluir
  9. Estou usando há quase 03 meses. Notei que clareou, porém pouco. Uso protetor solar 0 3 vezes ao dia ainda tenho manchas marrons nas maçãs do rosto. Comecei a usar por indicação de uma dermartologista q disse: o tratamento é lento. Quero saber se alguém teve o resultado esperado(manchas escuras) antes d 03 meses ?��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, sou a Valeria, uso ja vai para 3 meses e nao vi resultado nenhum, tenho manchas no rosto devido a gravidez, nao vi melhora alguma, me desculpe, mas nao sei se indicaria para alguem este produto. É caro e no meu caso nao vi melhora em nada. :( sempre usei protetor solar e continuo usando,mas este produto em si,nao me ajudou em nada.

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. minha dermatologista passou esse creme para clarear uma mancha que ganhei devido uma queimadura de primeiro grau na testa, devido o uso da pomada Minancora .Estou com muito medo de usar.Esse produto arde ?

    ResponderExcluir
  12. Olá gostaria de saber se tem algum problema utilizar o produto em partes intimas como virilhas e região do ânus

    ResponderExcluir
  13. Péssimoooooo pelo menos pra mim! Usei o d pigment por 3 dias e ganhei uma crosta de queimadura no rosto. Tenho a pele lisa e só usei pois a dermatologista indicou para amenizar umas manchinhas. Até para lavar o rosto está ardendo e coçando .

    ResponderExcluir
  14. Olá, li com muito interesse seu post. Há dois dias estou usando D Pigment e ainda não posso falar de resultados. Irritação nunca tive por nenhum produto. Minha luta contra a acne é milenar e quando se trata de pele negra que é muito sensível a manchas a parada é maluca!! Uso Epiduo alternado agora com o DPigment à noite. Manhã Dermotivin, Blemish Age Defense (sérum maravilhoso contra oleosidade e sinais) e mudei para o protetor solar Sun Fluido 60 da Eucerin... Ufa!! Para aproveitar um Melora C (bem carinho por sinal), passo no pescoço.
    Sei que a cada mês as receitas saem em torno de 400,00, isso porque ganho amostras valiosas. Do Blemish estou usando a valiosa amostrinha, porque o bichinho é caro, mas duraaa! Tratamento dermato é muito caro mesmo.
    Ah, ainda tomo Tetralysal (antibiótico).
    Não é fácil, mas agora estou com foco de conseguir uma pele sem manchas. Minha pele está detonada novamente, fiquei triste com o surto de espinhas que tive e consequentemente as manchas... Agora vou firme nesse propósito novamente. Pele negra não tem rugas, pé de galinha, mas mancha facilmente.
    Foco, força e muitas parcelas porque fica caro!!! 😁😁😁

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rose,vc ja tentou os dermocosméticos asiáticos? Foi o que mais senti resultado. Melhora demais as manchas e deixa a pele linda.

      http://www.vaniacosmetics.com.br/index.php/hidratantes2/455-hada-acne-170ml

      Excluir
    2. Não conheço não! Nunca ouvi falar. Já quero saber, porque depois de ler as impressões aqui, não estou muito esperançosa com o D-Pigment!

      Nesse link que você postou posso saber mais?

      Obrigada!!

      Excluir
    3. O difícil quando o problema é manchas, é encontrar uma fórmula que funcione na pele. Já tive clareadores que chegaram até a escurecer.
      Esses clareadores japoneses funcionam de forma fantástica.

      Excluir
  15. OLÁ FIZ TRATAMENTO COM ÁCIDOS MANIPULADOS PARA UMAS MANCHINHAS NA REGIÃO DAS MAÇAS DO ROSTO ACHEI MUITO BOM ,PORÉM COMO ESTAMOS EM UMA ÉPOCA QUENTE A DERMAOTLOGISTA MUDOU O TRATAMENTO ESTOU USANDO O AVENE D'PIGMENT ALTERNADO COM O TRILUMA UMA NOITE TRILUMA E NA OUTRA O AVENE, NÃO TENHO NENHUM TIPO DE IRRITAÇÃO ESTOU GOSTANDO BASTANTE FAZ UM MES QUE USO ENTÃO NÃO TENHO AINDA UMA VISÃO DO TRATAMENTO MAS POR ENQUANTO ESTOU GOSTANDO.DURANTE O DIA USO PROTETOR FATOR 70. ELIANA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eliana!

      Usei o D-Pigment e gostei bastante. Inclusive para clarear axilas. Meu dermato mudou meu tratamento para a temporada de verão 2016/2017 com fórmula manipulada bemmmm levinha. De protetor estou usando: Avon Renew FPS50, Neutrogena Facial Neutrogena FPS60 e o da Gallen FPS60 Toque Seco.

      Li comentários de pessoas que usaram o D-Pigment e notaram escurecimento. É raro, mas pode acontecer com qualquer ativo clareador. Cada pele é uma sentença. Nem todo clareador clareia. Depende totalmente da resposta da resposta celular.

      Beijocas querida!

      Excluir
  16. Minha médica mandou passar todas as manhãs,no rosto todo, antes do Protetor solar. E estou lendo q deve ser passado a noite. Além de duas x por semana, outro produto só nas manchas.Fiquei preocupada, com isso de passar a noite.

    ResponderExcluir