16 agosto 2017

0

Tomar anticoncepcional afeta os Cabelos?

Olá, gente!

É com muita alegria que apresento para vocês a jornalista Diane Ribeiro Nava. Ela escreverá conteúdos super legais para compartilhar aqui no blog. A Diane é uma fofa, muito querida e colaboradora do projeto Anticoncepcional na Web. Lá encontramos artigos sobre a saúde feminina, bem como análises sobre uma grande variedade de medicamentos de hormônios sintéticos. 

Por sempre tratar com vocês sobre meus problemas hormonais que afetam meu dia a dia e minha saúde, eu e a Di nos aproximamos para que ela possa sempre contribuir com muita informação as leitoras que acompanham de pertinho o Blog Vanessa Sial. 

Espero que vocês curtam muito e que possam trocar experiências sobre essa parte tão importante do universo feminino!  O texto de estreia trata sobre um tema que atrai muitas dúvidas - Tomar contraceptivos orais afeta nos cabelos? As mulheres não medem esforços para ter cabelos compridos, bonitos e saudáveis, é por isso que a informação que tomar anticoncepcional faz o cabelo crescer circula em todas as formas de mídia. 

Beijocas e aproveitem a leitura!



Anticoncepcional faz o cabelo crescer: Verdade ou Mentira?

Hoje, a indústria farmacêutica evoluiu muito com o avanço da tecnologia, por isso, produz pílulas contraceptivas que oferecem outros benefícios para as mulheres, além de prevenir a gravidez e regularizar o ciclo menstrual. 



Quando alguém diz que tomar anticoncepcional faz o cabelo crescer, em alguns casos, é verdade. De acordo com os especialistas esse medicamento possui propriedades que diminui a produção de hormônios androgênicos nas mulheres, desse modo, diminui a oleosidade do couro cabeludo evitando quedas e a seborreia contribuindo para um cabelo mais forte e viçoso.



O que acontece, é que a queda e o enfraquecimento do cabelo pode ser devido as alterações hormonais e outras condições que podem atingir a saúde feminina ( anemia, deficiência de vitaminas, problemas na tireoide). Tomar anticoncepcional faz o cabelo crescer quando esse problema tem uma origem específica, a hormonal. 



Anticoncepcional e hormônios

O hormônio vilão que faz os cabelos ficarem fracos e não se desenvolverem é a testosterona (hormônio masculino). A progesterona (hormônio presente nas pílulas) é capaz de bloquear a ação do hormônio masculino no corpo da mulher e consequentemente os fios param de cair e crescem.




No entanto, isso não é para todas as mulheres, somente para as que possuem tendências a ação de hormônios andrógenos (hormônios masculinos) no organismo, além disso, não são todas as pílulas que servem para esse fim.

Existem algumas mulheres que possuem alopecia androgenética, uma das maiores causas da calvície no mundo ocasionadas pelo DHT que favorece a miniaturização folicular, essa condição é quando os folículos capilares diminuem de tamanho  e a fase dos fios ficam mais curtas fazendo com os fios fiquem ralos e até parem de crescer por completo. 

Queda de cabelo pode ter causas hormonais


Em alguns desses casos, tomar anticoncepcional faz o cabelo crescer, pois evita a queda dos fios, entretanto, esse mecanismo não funciona da mesma forma para todas as mulheres, inclusive, podem ter efeito contrário. Por isso, o mais indicado é buscar ajuda médica para resolver o problema de quedas de cabelo, fios enfraquecidos e ralos, pois outras doenças mais graves podem estar por trás desses sintomas e devem ser tratados com mais afinco.

Quando se mexe com um hormônio pode-se afetar todo o funcionamento dele no organismo e ocasionar outros problemas mais graves de saúde. Também é importante alertar sobre os efeitos colaterais que algumas pílulas contraceptivas trazem, além disso, hoje em dia, é possível encontrar esses mesmos benefícios em outros medicamentos recomendados por dermatologistas, inclusive formulações de uso tópico que são infinitamente mais seguras.

Nenhum medicamento deve ser tomado por conta própria. Consulte um profissional para avaliar a causa da queda dos cabelos. Tomar anticoncepcional faz o cabelo crescer em alguns casos, mas em outros não, inclusive pode trazer outros males a saúde.


Como fortalecer o cabelo de forma natural?

Existem especialistas que defendem que substâncias mais específicas como pill food e cloreto de magnésio podem ajudar no cabelo, mas não há pesquisas grandes sobre o tema ainda publicadas.

Porém, existem alimentos e substâncias que já são divulgadas abertamente como reais ajudas para quem deseja fortalecer os cabelos de forma natural. Podemos citar por exemplo: o colágeno, o azeite de oliva e o óleo de rícino.




estrutura molecular do colágeno
O colágeno é uma proteína encontrada nos ossos, pele e cartilagens de alguns animais. O colágeno também é útil no fortalecimento do cabelo, assim como as unhas.






azeite de oliva


O azeite de oliva possui inúmeros benefícios e suas propriedades muito interessantes que são de grande ajuda para a saúde e beleza. O azeite de oliva ajuda a fortalecer o cabelo. Também, deixa o cabelo menos opaco.



Como possui propriedades que combatem fungos e bactérias que impedem o crescimento dos cabelos, o óleo de rícino é muito usado para o crescimento capilar.
óleo de rícino



















                           
Diane Ribeiro N. é jornalista e adora compartilhar conteúdo para ajudar mulheres. 
Você pode encontrar ela em seu projeto sem fins lucrativos:


10 agosto 2017

2

Lançamento Rahdapantol Ultrafarma Shampoo e Condicionador

Olá, gente!

Quem não vive sem Pantenol com certeza vai pirar com essa novidade da Ultrafarma. A linha exclusiva Rahda agora possui Shampoo e Condicionador Rahdapantol. Além do Pantenol em dose concentrada, ainda possui Biotina. Resultado: cabelos super hidratados e ainda um reforço no controle de queda capilar. Eu amei a composição e encontrei outros ativos tudo de bom. Para quem tem queda e quer também tratar os fios, a linha é sensacional.


Informações do Produto

O shampoo Rahdapantol Derma possui fórmula desenvolvida em uma base altamente hidratante que promove maciez, brilho e maleabilidade. Contém biotina, vitamina que ajuda a prevenir a queda capilar e contribui para estimular o crescimento saudável dos fios. Aliado à biotina, o dexpantenol (provitamina B5) ajuda na formação dos fios e auxilia na eliminação das pontas duplas. O uso de Rahdapantol Derma resulta em cabelos mais fortes, encorpados e com aparência saudável.

Modo de uso: Aplique sobre os cabelos molhados e massageie suavemente. Enxague e repita o procedimento, se necessário. Use a linha completa para ter um resultado perfeito.

Composição: Aqua, sodium laureth sulfate, cocamide dea, glycol distearate, sodium laureth sulfate, cocamidopropyl betaine, panthenol, sodium pca, guar hydroxypropyltrimonium chloride, propylene glycol, glycyrrhizan glabra (licoride) rhizome/root, rose extract, hydrolyzed rhodophycea extract, cichorium intybus (chicory) leaf extract, bertholletia excelsa seed oil, menthol, biotin, methylisothiazolinone, methylchloroisothiazolinone, citric acid, parfum, butylphenyl methyl propional, benzyl salicylate, hexyl cinnamaldehyde, linalool. 

Precauções: Manter fora do alcance de crianças. Evite contato com os olhos. Havendo irritação, suspensa o uso e consulte um médico. Uso externo.




Informações do Produto


O condicionador Rahdapantol Derma possui fórmula desenvolvida com hidratantes e antioxidantes que condicionam e revitalizam os fios, sem deixá-los pesados. Contém biotina, vitamina que ajuda a prevenir a queda capilar e contribui para estimular o crescimento saudável dos fios. Aliado à esta vitamina, o dexpantenol (provitamina B5) ajuda na formação dos fios e auxilia na eliminação das pontas duplas. O uso do condicionador Rahdapantol Derma resulta em cabelos mais fortes, encorpados e com aparência saudável.

Modo de uso: Retire o excesso de água dos cabelos e espalhe o Rahdapantol Derma condicionador em todo o comprimento, evitando a raiz. Deixe agir por 2 minutos e depois enxágue. Use a linha completa para ter um resultado perfeito.

Composição: Aqua, cetearyl alcohol, glycerin, amodimethicone, cetrimonium chloride, trideceth-12, paraffinum liquidum, panthenol, behentrimonium chloride, cetyl esters, propylene glycol, glycyrrhizan glabra (licoride) rhizome/root, rose extract, hydrolyzed rhodophycea extract, cichorium intybus (chicory) leaf extract, bertholletia excelsa seed oil, menthol, biotin, methylisothiazolinone, methylchloroisothiazolinone, bht, disodium edta, citric acid, parfum, benzyl salicylate, hexyl cinnamaldehyde, linalool. 

Precauções: Manter fora do alcance de crianças. Evite contato com os olhos. Havendo irritação, suspenda o uso e consulte um médico. Uso externo.


Assim que vi o lançamento comprei esses produtos. Estou alucinada por eles. O cabelo fica maravilhoso. Fiquem tranquilos que vou fazer resenha detalhada.  Paguei R$ 19,90 por cada produto que vem com 300 ml. Achei excelente o preço. Como os produtos são exclusivos da Ultrafarma, para comprar a melhor forma é pela loja virtual. Quem mora na cidade de São Paulo-SP pode ir na loja principal do Jabaquara.


Beijocas mil!

28 julho 2017

2

Fórmula Dermatológica para Rosácea

Olá, gente!

Que tem pele sensível e oleosa pode também desenvolver rosácea. A minha é de grau leve, mas fica vermelha, irritada e com vasinhos mais dilatados na pele do rosto sobretudo no inverno. Quem sobre com o problema sabe o quanto é difícil manter o vermelhidão sob controle. Isso porque a pele é bastante reativa, ou seja, apresenta intolerância cosmética com muita facilidade. Inclusive, pode ocorrer com produtos dermocosméticos desenvolvido especialmente para tratar sensibilidade e rosácea. Outro ponto interessante é o desafio de tratamento, pois a pele pode voltar a ficar vermelha.



Somente o médico pode determinar o grau da rosácea e abordagens de tratamento. Nos casos mais graves pode haver necessidade até de cirurgia para remover as lesões graves. Laser também pode ser usado, especialmente para os microvasos. Há opções de tratamentos com medicamentos. Enfim, a abordagem precisa ser diferenciada. É importante também observar o que provoca as crises. Há pessoas que a pele reage com álcool, temperos, calor, frio, clima seco etc. Muitas vezes as lesões são confundidas com a acne vulgar e os produtos para controle da acne podem deixar a pele ainda mais inflamada.

Nesta minha temporada 2017, a dermatologista passou uma fórmula nova para controlar a minha sensibilidade e rosácea. Em anos anteriores usei Antirougers da Àvene e o Rosaliac  da La Roche. Os pacientes tem respondido bem ao Ácido Maslínico que é um ativo mais novo. Desde a primeira aplicação senti conforto cutâneo imediato. Além disso, deixa a pele hidratada, rejuvenescida e também ajuda a uniformizar no clareamento. 

ÁCIDO MASLINICO 1%
TELAGYN 4%
RUSCUS GILBARBERA 10%
NIACINAMIDA 5%

CREME QSP 30 GRAMAS
Aplicar na face à noite e pela manhã (antes do protetor solar).


O extrato botânico de Ruscus tem ação antiinfamatória. Por essa razão consegue agir controlando a vasodilatação na pele. O Telagyn também é ótimo. Atua no clareamento e revitalização da pele. A niacinamida atua no controle da oleosidade.


A minha pele está bem calminha! E tenho tolerado as ondas de frio intenso com esse tratamento. O preço da fórmula também achei justo. Paguei em torno de R$ 43,00. 

Para uso diurno a rotina deve ser: rosto limpo com produtos que não provoquem reação. Tenho usado Normaderm Vichy e o Gel de Limpeza Eucerin (rosto e corpo). Em seguida o creme e por último o protetor solar. Espero que o post seja útil!

Onde encontrar: farmácias de manipulação que tenham todos os ativos para preparação da fórmula.