12 dezembro 2013

13

Testei Moquifim Modelo MF60 Controle de Mosquitos

Olá, gente!

O verão é a estação mais esperada do ano, mas com ela além do calor, temos fortes chuvas e claro mosquitos! Não há quem não sofra com picadas de insetos e pessoas alérgicas como eu mais ainda. Já fui parar até em hospital por causa de picadas dos borrachudos. 
Recebi Há seis meses da empresa Mosquifim os seus equipamentos de controle biológico de mosquitos para testar. Fiz questão de ter um prazo longo para avaliar seus resultados. A tecnologia dos aparelhos é bem diferente de tudo que conhecia. Não se trata de ação repelente e sim um sistema de atração e captura dos mosquitos. Por ser totalmente inodoro é um conforto a mais não somente para os adultos, mas principalmente para as crianças.  Conheçam os detalhes e minha avaliação nesta resenha.


Descrição da tecnologia - Os mosquitos, mesmo a noite, conseguem descobrir facilmente onde as pessoas se encontram, seguindo o traço de CO2 (dióxido de carbono) e temperatura corporal. O CO2 é o principal fator usado pelos mosquitos para localizar a fonte de sangue que procuram. As fêmeas, conseguem detectar uma vítima de 20 a 35 metros de distância. Eles também são atraídos pela luz ultravioleta de longitude de onda específica.
O MOSQUIFIM usa uma inovadora tecnologia para produzir DIÓXIDO DE CARBONO pela reação química chamada fotocatálisis. (combinação de luz UV + Dióxido de titânio). Usando essas características o Mosquifim atrai e captura mosquitos com a combinação de 6 sistemas: TEMPERATURA, COR, RAIOS DE LUZ ULTRAVIOLETA, DIÓXIDO DE CARBONO, CORRENTEZA DE AR e ATRAÇÃO SEXUAL DAS ESPÉCIES.
Quando os mosquitos se aproximam, um ventilador os suga e envia para a gaiola, na parte inferior do equipamento. Quando presos, eles continuam vivos e o barulho de suas asas atraem outros mosquitos. Finalmente depois várias horas eles morrem por desidratação (controle biológico).



Minha avaliação - Recebi da empresa os três modelos disponíveis MF400 - indicado para ambientes maiores, o MF60 - indicado para ambientes médios e o MF30 - indicado para pequenos cômodos. 
Neste post tratarei do modelo MF60 que considero o mais versátil, pois é apropriado para dormitórios. Desde que recebi o produto instalei no quarto da Joana, pois ela é criança e assim como eu, é extremamente alérgica a picadas de insetos. 
Como se trata de um equipamento de controle biológico e por ser totalmente inodoro, achei bastante seguro. Seu design lembra uma luminária de camping. A instalação é  simples e por esse modelo ser bivolt basta conectá-lo a tomada. 

Mosquifim instalado no quarto da minha filha.
Note-se a luz azulada no interior do equipamento.
Na base telada é a região de captura.
Uma vez ligado o equipamento emite uma luz azulada. Adultos que preferem dormir em ambientes totalmente sem luz acredito que sentirão algum desconforto. No caso da maioria das crianças que se sentem mais seguras com iluminação noturna, esse aparelho substituiu a luminária de tomada de estrelinha que  deixa o ambiente azul (a luz azul que não atrapalha no sono e a penumbra oferecida é suficiente para romper a escuridão). 
Achei o aparelho muito silencioso. O som produzido é apenas da ventoinha que tem a função de capturar os mosquitos para o interior da armadilha. Uma vez capturado, o inseto não é morto por coques e por isso não faz aquele barulho incômodo. Com o passar do tempo, os insetos mortos se acumulam e ficam exatamente igual aos insetos pretos nas luminárias do teto das residências.
A limpeza é fácil e também não é necessário limpar todos os dias. O critério de limpeza é basicamente o acúmulo de insetos desidratados na coletora.
O aparelho pode ficar ligado 24 horas, mas para economizar energia elétrica, ligo o Mosquifim a partir das 16 horas da tarde. Por se tratar de um controle biológico, o efeito do equipamento não é como os repelentes convencionais de tomada (repelência química). Na medida em que os insetos vão sendo capturados, há uma diminuição dos mosquitos. Desta forma, o controle não ocorrerá na primeira noite. Acho interessante combinar o método convencional com o biológico e aos poucos ir priorizando o Mosquifim até a dispensa do repelente com odor químico.



Achei o método muito eficiente e o modelo MF60 foi ideal para controlar a área do quarto que deve ter entre 10 e 15 metros quadrados. O modelo pequeno MF30, também bivolt,  eu sempre deixo aqui na embaixo da mesa do meu escritório para controlar os mosquitos que querem literalmente comer minhas pernas! Também é uma ótima opção para levar nas férias e deixar no quarto no hotel, no chalé de praia etc. Super aprovado!





Onde comprar: Site Mosquifim
Produto importado

Gostaria de agradecer à Empresa Mosquifim pelo envio dos equipamentos para testes aqui no blog. 
O parecer apresentado é de minha responsabilidade e não se trata de informe publicitário. Testei o produto por seis meses antes de escrever a resenha.



13 comentários:

  1. Olá Nessa,
    Que aparelho legal! Nunca tinha visto nada do tipo, achei bem interessante.
    E já que vc testou e constatou que é eficaz, vale a pena testar tb.
    Nunca vi desses por aqui.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Deni,

    Eu recebi no meio do ano e fiquei usando todo esse tempo. Gostei bastante pq não é bom saturar o ar no quarto de criança com repelente quimico ou inseticida. O equipamento diminui muito os insetos, mas nao acaba 100%. A cor da luz azul é bem suave e até mais fraquinha q aquelas tomadinhas de quarto de bebe que a gente coloca para o quarto nao ficar totalmente escuro. Com isso, joana sente conforto e está dormindo sozinha no quarto dela.
    Como eu moro em casa, todo ano faço barreira quimica para controlar formigas, baratas, carumchos, traças e mosquitos. a empresa é otima e ja faço ja 3 anos. com isso fivo mais livre dos bichos.

    ResponderExcluir
  3. Deni,

    Eles só vendem pela net. Eles mandaram para mim os tres modelos. o grande, o medio e o pequeno. O Grandão é legal para deixar em area semi aberta como varanda, area de serviço, churrasqueira. Esse da resenha foi o que eu mais gostei pq serve para ambientes internos.
    O pequeno to levando na mala para testar tb em situações de viagens. Deixo ele sempre ligado em baixo da minha mesa de trabalho. Melhora muito aquelas picadas nas pernas.

    Só pelo fato de ser totalmente sem cheiro é uma gloria.

    Para limpar é praticamente só bater como se fosse limpar mosquitinhos que ficam nas luminárias.

    ResponderExcluir
  4. Esse parece ser bom. Meu colega comprou um no Polishop e tem luz é ligado na luz só que ele mata na hora. Só que tem um detalhe ele faz um barulho que ele disse que não dá pra dormir kkkkk. Não dormia por causa do mosquito e agora não dorme por causa do barulho kkkķkkkkkkk.

    ResponderExcluir
  5. Não acho no Polishop. Mas achei um produto a venda que ele ta grátis kkk. É tão bom que tão dando de graça kkkk

    www.polishop.com.br/30534_compact-fabric-steamer-conair---mosquito-lamp/p

    ResponderExcluir
  6. Oi ,

    Esse nao faz barulho aniquilando o mosquito. Eu so escuto o som da ventoinha. se quem é acostumado c barulho de ventilador esse é ok. o produto funciona como uma armadilha q atrai bioquimicamente o mosquito e a ventoinha do aparelho puxa o mosquito p dentro da coletora.
    ele fica preso como os insetos q ficam presos no vidro de uma luminaria de teto.
    qdo ha mt mosquitos o ideal é combinar o repelente convencional ao mosquifim. a medio prazo qdo diminui os mosquitos pode-se dispensar o repelente quimico.
    basicamente é isso.

    ResponderExcluir
  7. Vanessa esse teu é diferente. O dele tem essa ventoinha mas faz barulho demais e os mosquitos morrem por causa do choque. Dá cada estalo quando mosquito cai lá. Esse da Polishop é horrivel.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, que coincidência esse post, estive sábado no mercado procurando um repelente, comprei aquele de colocar na parede de 60 noites

    carla maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha Diva,

      O sistema de controle biológico é totalmente diferente dos repelentes. Acho que o ideal é combinar os dois. Porque o sistema de armadinha vai capturando e o repelente afasta.
      Tb gosto de coisas naturebas como plantar citronela em vasinhos. Vc que mora perto da serra e mora em sobrado poderia por vasos em pontos estratégicos. Sua mãe que gosta de mexer com plantas poderia montar os vasos para vc.
      bjsss

      Excluir
  9. Oi Vanessa. Tudo bem? Muito boa sua postagem. Comprei dois equipamentos MF60 e outro MF30 há mais de um ano. Os MF60 funcionam de modo excelente até hoje. O MF30 não pega nada. Não sei se dei azar, mas o meu parece estar com problema. Acho que a melhor relação custo-benefício é o MF60. É bom frisar que esses equipamentos são armadilhas e não repelentes. Então, em casa, faço o seguinte: coloco repelentes químicos nos quartos e as armadilhas em outros cômodos. Assim, os mosquitos saem dos quartos e vão morrer nas duas armadilhas em cômodos opostos da casa. Picada zero. Morte geral dos mosquitos. É bom mencionar também que repelente ultrassônico não funciona (http://www.cienciasmagnas.blogspot.com.br/2013/12/ultrassom-nao-repele-mosquitos.html). Um abraço, Alexandre Magnus.

    ResponderExcluir
  10. Excelente produto! Adquirimos 2.. Muito bom.. Recomendo!

    ResponderExcluir
  11. Excelente produto! Adquirimos 2.. Muito bom.. Recomendo!

    ResponderExcluir
  12. Tenho MF60 há 3 anos e é excelente. Moro no litoral e pega de 30 a 40 pernilongos por dia na sala.
    Recomendo.

    ResponderExcluir