31 outubro 2011

0

31 de outubro: Dia D de Drummond!

Projeto do Instituto Moreira Salles celebra neste dia 31 de outubro o Dia D,  quando Carlos Drummond de Andrade completaria 109 anos. Proposta é criar data especial em homenagem ao poeta e a singuralidade de obra. O Dia D Drummond é inspirado em iniciativa semelhante, quando não só os irlandeses mas gente de todo os cantos festejam o escritor James Joyce, anualmente, em 16 de junho, com o Bloomsday. Eu adorei essa ideia.  Afinal beleza tem tudo haver com poesia!


Para fazer parte dessa festa, escolhi o pome Infância. Você pode ouvi-lo na voz de Drummond no link (Projeto Memória Viva)

    Meu pai montava a cavalo, ia para o campo.
    Minha mãe ficava sentada cosendo.
    Meu irmão pequeno dormia.
    Eu sozinho menino entre mangueiras
    lia a história de Robinson Crusoé,
    comprida história que não acaba mais.

    No meio-dia branco de luz uma voz que aprendeu
    a ninar nos longes da senzala – e nunca se esqueceu
    chamava para o café.
    Café preto que nem a preta velha
    café gostoso
    café bom.

    Minha mãe ficava sentada cosendo
    olhando para mim:
    - Psiu... Não acorde o menino.
    Para o berço onde pousou um mosquito.
    E dava um suspiro... que fundo!

    Lá longe meu pai campeava
    no mato sem fim da fazenda.

    E eu não sabia que minha história
    era mais bonita que a de Robinson Crusoé.


Fontes:

diadrummond.ims.uol.com.br/
http://www.memoriaviva.com.br/drummond/verso.htm





bagikan

Nenhum comentário:

Postar um comentário